.

.
.

.

.

.

.

Trote, um desrespeito à vida

Neste carnaval, em apenas pouco mais de três horas de trabalho, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Santarém recebeu mais de 80 trotes.

Grande parte das ligações é atendida, pois as pessoas chegam a chorar e simular gritos de desespero para enganar a equipe do Samu. Um vergonha para a nossa cidade que já sofre com um precário sistema de saúde pública.

Trote é crime e, além de desperdiçar dinheiro público, coloca em risco a vida de inocentes.

Comentários