.

.
.

Maria vai esperar julgamento do mérito

A decisão da ministra Ellen Gracie suspendeu as eleições do dia 5 de abril, mas não reconduziu ao cargo a ex-prefeita Maria do Carmo.

Até o julgamento do mérito pela corte do Tribunal, o prefeito de Santarém continua sendo o Presidente da Câmara, José Maria Tapajós.

Pela situação de interinidade que vive o município, alguns juristas acreditam que esse fator contribua para que o julgamento aconteça em prazo menor que o de costume.

No Comitê do PT, na avenida Rui Barbosa, militantes petistas comemoram a decisão como se Maria do Carmo tivesse retornado ao cargo.

Inácio Correa, que era o candidato do PT, disse ao blog que a decisão de Gracie é um aceno para o retorno de Maria do Carmo. “Estamos comemorando sim como se fosse uma vitória, pois a vontade do povo será respeitada e Maria vai voltar”, completou.


REVOLTA


O candidato do PSOL Márcio Pinto ficou revoltado com a decisão. Para ele, a justiça brasileira está “brincando” com o eleitor santareno. “As mudanças repentinas sem uma decisão definitiva embaraçam a cabeça do eleitor”.

Sobre a decisão Márcio acha que foi mais uma derrota para a ex-prefeita Maria do Carmo. “A ministra não concedeu a liminar e isso que dizer que o julgamento do mérito vai seguir a mesma direção. Maria não volta, mas a questão é que, enquanto isso, a cidade vive uma instabilidade política. E isso é ruim”, conclui.

O blog não conseguiu alcaçar o candidato Alexandre Von.

Comentários

.

.