.

.
.

.

.

.

.

Superfaturamento? Como assim?

O prefeito José Maria Tapajós pediu informações a CGU (Corregedoria Geral da União) a respeito do superfaturamento de R$ 7,3 milhões encontrado nas obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) em Santarém.

O vereador Nélio Aguiar quer explicações, no plenário da Câmara Municipal, do todo poderoso Everaldinho Martins (Planejamento) sobre o ocorrido.

A coordenadora do PAC, Alba Valéria, nada sabe e que diz que quem tem de explicar é a própria CGU e a Caixa Econômica Federal.

A Caixa por sua vez disse ao prefeito interino que nada sabe sobre tal irregularidade e pede que seja perguntado a CGU.

Eu também não entendi nada.

Comentários