.

.
.

Tenente apontou arma para vereador

Um tenente do Grupo Operacional Tático, da Polícia Militar, apontou uma arma para o vereador Evaldo Costa (PT) e ameaçou atirá-lo. O fato aconteceu na última quinta-feira, 7, na esquina das Avenidas Magalhães Barata e Santarém-Cuiabá após um acidente de trânsito que culminou com a morte de um jovem.

O episódio foi presenciado e denunciado, na tribuna da Câmara, hoje, pelo vereador Gerlande Castro (PP), que classificou o ato do policial de “um desequilíbrio”.

Todos os vereadores se mostraram indignados com o ocorrido e pediram a Mesa Diretora da Casa que apurasse a denúncia.

No local, existia o ‘canteiro da morte’. Um canteiro de obra da Construtora Mello que atrapalhava o trânsito e estava ali de forma irregular. Só saiu de, pois de mortes e de populares revoltados ameaçarem de queimá-lo.

Aqui você lê mais informações e vê uma foto do canteiro, após a confusão.

Comentários

.

.