.

.
.

Carlos Jaime é um problema do PT


Por Alailson Muniz

A Prefeita Maria do Carmo concedeu entrevista exclusiva ao blog e falou sobre o que ela chamou de “imbróglio” político na Câmara Municipal de Santarém, referindo-se ao fato de o vereador petista Carlos Jaime ter ajudado a oposição a convocar três secretários municipais na semana passada. Segundo a gestora, o fato não gerou uma crise em seu governo e disse que a postura do vereador é um problema do Partido dos Trabalhadores (PT) e não do governo.
Maria do Carmo falou ainda sobre sua última viagem à Brasília. Lá, ela assinou um convênio que vai resultar na execução de um projeto de construção de 570 casas populares. Ela adiantou que o local da construção das casas será o bairro de Santo André. A seguir leia a entrevista completa.


O fato de o vereador petista Carlos Jaime ter ajudado a oposição a convocar três secretários municipais gerou uma crise no seu governo?


MARIA DO CARMO: O que aconteceu na Câmara Municipal é um problema interno do Partido dos Trabalhadores (PT). Ainda não é problema do governo porque nós temos uma base coesa. A nossa governabilidade não foi colocada em risco. O PT deve tomar providências. Somos governo, e nossos membros não podem deixar de compreender isso. Precisamos ter uma compreensão do que é ser governo e fazer uma defesa das ações de governo da forma como nós articulamos. É fácil ser Pedro. Negar antes do galo cantar. É fácil ser oposição. O difícil é fazer a argumentação da defesa do governo. E quando se é governo precisa. Se você acha que não é capaz ou que não precisa fazer isso. É melhor pensar a sua situação dentro do partido.


Os secretários devem obedecer à convocação?

MARIA DO CARMO: Eu acho que a Câmara é um poder autônomo que decide suas questões internas. Mas temos diálogos e nunca foi preciso convocar ninguém. Convocar, parece que estamos desobedecendo ordens da Câmara ou do presidente. Todas as vezes que chamam, nós vamos. Isso (convocar), nunca aconteceu. Todas as vezes que a Câmara precisa ela nos chama e faz diálogo. Convocação é própria de oposição que prefere ganhar politicamente. Estamos à disposição da Câmara e o diálogo é recíproco.


Se a senhora fosse convidada ou convocada, iria?

MARIA DO CARMO: Eu sou prefeita há cinco anos e nunca houve precisão de convocar prefeitura para alguma coisa. Eu entendo que não há necessidade. Mas se precisar nós vamos. O motivo do início de todo esse imbróglio político foi porque uma entidade (que não a Câmara) convidou e a prefeitura não aceitou. Nós recebemos um convite e extremamente desagradável.

Por quê?


MARIA DO CARMO: Estava claro para a prefeitura ir para explicar o “péssimo” serviço feito na infraestrutura da cidade. Não houve convite para debater e sim falar do “péssimo”. Já existia uma opinião formada. Uma pré-opinião. Por isso a prefeitura não aceitou. Se fizerem um convite educado nós vamos.



A senhora esteve em Brasília recentemente e Santarém deve ganhar um terceiro projeto de habitação. Em tempos de ocupações urbanas, quantas casas serão construídas e qual o perfil da família que terá prioridade?


MARIA DO CARMO: Assinamos um convênio. Inclusive quero ressaltar que o presidente Lula fez referência em seu discurso ao Vasco, que subiu par a primeira divisão e ao São Raimundo que foi campeão da Série D. O governo federal apresenta mais um proposta de habitação popular. São 570 moradias populares. Elas serão construídas no terreno da prefeitura no bairro do Santo André. Ele não faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e nem do ‘Minha Casa, Minha Vida’. Será administrado exclusivamente pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Habitação. Os beneficiados serão inscritos de forma independente e serão famílias que vivem em áreas de risco. Inclusive, eu pedi para nosso departamento jurídico vê a possibilidade de as famílias da ocupação da Fernando Guilhon serem inscritas. Pois apesar de ser uma área particular é um problema da cidade de não posso fechar os olhos. Lá, são 120 famílias. Nesse programa não se paga nada pela casa, mas a família não vai poder vender o imóvel por tempo determinado.


Quanto em recurso esse programa vai receber?

MARIA DO CARMO: Recursos em torno de R$ 4 milhões, que ainda não foi liberado. O projeto só foi aprovado. Três foram apresentados, mas só estão liberando um por município.


Falando em recursos, como está o cofre da prefeitura?


MARIA DO CARMO: Durante 2009, a prefeitura só conseguiu um recurso novo: R$ 4,5 milhões. Conseguido pelo prefeito à época José Maria Tapajós no tempo da cheia. Desse montante, só recebemos R$ 1,4 milhão. Quando eu entrei conseguiu perante o governo federal R$ 10 milhões. O dinheiro foi colocado à disposição do governo do estado porque eu estava cassada. Quando retornei tive de fazer um procedimento para retirar do governo e repassar ao governo federal que mandou novamente pra gente. Foi feito licitação e serão feitas obras de recapeamento de ruas com esse dinheiro. Não tempos recursos para ‘Operação Verão’. O pouco que é feito é com recursos da cidade. Conseguir também junto ao governo do estado R$ 100 mil para ajudar na recuperação das vias por onde passam as linhas de ônibus e 120 mil litros de óleo diesel para as máquinas. Infelizmente, por conta de tudo que aconteceu, tivemos dificuldade de conseguir dinheiro novo. Estamos apresentando novos projetos para obter recurso em 2010.


E o governo do estado está ajudando Santarém?

MARIA DO CARMO: A Ana Júlia se prontificou em mandar os recursos que está em tese me devendo. São recursos de 7 km de asfalto, que foi feito e faltar pagar, e mais sete que faltam fazer. Desde o ano passado, problemas de receita impediram a grana de chegar. Ela vai receber um empréstimo de R$ 300 milhões e se comprometeu a liberar esses recurso independentemente do empréstimo. Ela liberou recursos para fazer a estrada que liga Mojuí dos Campos até Curuá-Una, a Transuruará e a ponte do Mojuí. Dois ou 3 km dentro do Mojui até Curuá-Una vão receber asfalto. Para isso, foram liberados R$ 1,5 milhão de um total em torno de R$ 20 milhões que deve custar toda a obra. Para a ponte de R$ 400 mil, foram liberados R$ 160 mil. A Ana deve vir à cidade agora véspera do Círio.



Tem obra municipal em andamento em Santarém?


MARIA DO CARMO: Eu desafio a quem disser que não tem obra em Santarém. Quem disser que não tem é porque não quer enxergar. São obras de drenagem que vão ficar embaixo da terra. Quem quiser ver tem de ver agora. É correto cobrar, mas não pode ser injusto! Peço à população que tenha paciência e me dei um pouco de crédito de tolerância, o que é possível fazer estamos fazendo. Inclusive o ministro Padilha (Relações Institucionais) vai fazer a sua primeira viagem oficial vindo à Santarém e vai anunciar o que chamamos de PAC II. Um projeto que prevê a realização de grandes obras de infraestrutura no Brasil. O PAC II, em Santarém, deve abranger a ampliação do cais do porto, a Interpraias (rodovia), o novo aeroporto, uma rodovia que percorrer todo o entorno da cidade e a duplicação Santarém-Cuiabá no trecho urbano.

Comentários

Alessandra Marques disse…
Muito boa a entrevista Alaílson, foste o único que teve a coragem de perguntar à prefeita sobre o episódio. Contínuo te admirando pelo teu estilo (muito boa redação)e trabalho.

Quanto ao episódio, a mesma admiração vai o vereador Carlos Jaime.Parabés! O povo sempre dever ser a única opção.
Anônimo disse…
Valeu, mas a prefeita disse algumas inverdades.

Pedro.
Celso disse…
Maria, Maria, Maria....
Anônimo disse…
AMIGO ALAISON A NOSSA PREFEITA TEM MUITOS PEPINO E O MAIOR E O DO SEU SECRETARIO DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO JOSÉ OSMANDO FIGUEIREDO PIS ESTE VIROU MARGINAL POIS AGORA ELE ANDA COM O CARRO CHEIO DE BANDIDOS E VIVER AGREDIDO AS PESSOAS BO DIA 11/08/2009 ELE AGREDIU UM ACADEMICO DE DIREITO DA ULBRA E AINDA-LHE AMEAÇOU DE MORTE EM FRENTE DO FORUM.HOJE PELA MANHA DETRO DO CR ELE AMEAÇOU MAS UMA PESSOA COMO SE EM SANTARÉM NAO HOUVESE JUSTIÇA KD A POLICIA QUE NÃO COLOCA DE VEZ ESTE BANDIDO ATRAZ DAS GRANDES POIS ELE JÁ FOI PRESO PELA POLICIA FEDERAL E NÃO CRIOU VERGONHA.
Anônimo disse…
VERSÃO AO CONTRARIO
O Advogado e presidente do Diretório Municipal do PDT e SECRETARIO DA NOSSA PREFEITA José Osmando Figueiredo,fez uma reclamação no blog do jeso sobre o estranho fato segundo ele ocorrido hoje(19)quando dois carro da policia federal parou em frente a sua locadora com a sirenes ligada.
De acordo com Osmando Figueiredo, por volta das 11h, dois carros ― um deles caracterizado com o brasão do órgão policial ― pararam em frente à sua CONCORRIDA banca advocatícia que, no momento, estava atendendo dez clientes, com sirenes ligadas, simulando um batida policial.
Segundo ele um elemento identificado como Hiroyto Tabajara tirava várias fotos de dentro de um supermercado localizado em frente ao escritório, seguindo posteriormente para a sede da PF.

VERSAÕ CORRETA.

KD A NOSSA PREFEITA QUE NADA FAZ PARA TIRA ESTE MAL EXEMPLO DE SEU GOVERNO. Perigoso que anda pela cidade com o carro cheio de marginais
FAZENDO VALER O NOME DA OPERAÇÃO NO QUAL ELE FOI PRESO DENOMINADA DE OPERAÇAÕ FAROESTE QUE SIGNIFICA TERRA SEM LEI ONDE OS QUE TEM MUITO DINHEIRO E QUE MANDAM. Este ELEMENTO NOCIVO esqueceu de seu passado onde e RÉU em um processo na justiça federal por pertecer a UMA QUADRILHA GRILEIROS CORUPTOS E FALSIFICADORES.
O FATO CORRETO E QUE JOSE OSMANDO QUER MANDA NESTA CIDADE DIZENDO QUE AQUI NO PARÁ SÓ TEM OTÁRIO ELE SE TITULAR PARAIBANO CABRA MACHO COMO SE EM NOSSA REGIÃO NÃO TIVESSE HOMEM CORAJOSOS A POPULAÇÃO DE SANTARÉM VAI FAZER UMA MANIFESTAÇÃO CONTRA A NOSSA PREFEITA POIS ESTE ELEMENTO PERTECER AO SEU GOVERNO POIS E SEU SECRETARIO.
Anônimo disse…
UM HOMEM SOLITÁRIO E VÁRIOS BANDIDOS EM UMA TERRA SEM LEI CHAMADA SANTARÉM DO PARÁ FUTURO ESTADO DO TAPAJÓS.

APARECEU UM HOMEM CORAJOSO PARA FALAR A VERDADE DOAR A QUEM DOER

NOSSA QUERIDA SANTARÉM ESTA SE ACABADO PRINCIPALMENTE POR CAUSA DE UM ELEMENTO CHAMADO OSMANDO QUE SENGUNDO ELE MESMO DIZ:
EU MANDO NA PREFEITURA NA PREFEITA NA GOVERNADORA NA POLICIA NA POLITICA E SE DUVIDAR ATÉ NO LULA.NINGUÉM TEM CORAGEM DE ME ENFRENTAR EU SOU O TERMIDO E FAMIGERADO.
Anônimo disse…
SAI FORA JOSE OSMANDO FIGUEIREDO ENTREGA LOGO ESTA SECRETARIA QUE E MELHOR E VAI CUIDAR DOS TEUS PROCESSOS ANTES QUE TU SEJA PRESO.
Anônimo disse…
A SOCIEDADE QUER UMA RESPOSTA.

A Nossa Prefeita Diz:

Eu desafio a quem disser que não tem obra em Santarém.

Falar Sério Prefeita.

Quem disser que não tem é porque não quer enxergar

Ora A Poera Não Deixar

São Obras de Drenagem que vão Ficar Embaixo Da Terra.

Sim Nós que Vamos Ficar Embaixo da Terra se a Senhora não Mundar o seu Secretario de Agricultura e Abastecimento José Osmando Figueiredo.

Quem quiser ver tem de ver agora.

Não podemos esperar mas estamos no Fim de nossas vidas.

É correto cobrar, mas não pode ser injusto! Peço à população que tenha paciência e me dei um pouco de crédito de tolerância, o que é possível fazer estamos fazendo.

Estão Tire o Seu Pior Pipino e que o Seu Secretario José Osmando Figueiredo.

GRATO A POPULAÇÃO SANTARÉNA!!!!

.

.