.

.
.

Itaituba borbulhou

Desde a noite de ontem, o município de Itaituba era um alvoroço só com a notícia de que o ex-prefeito Silvio Macedo voltaria ao comando da cidade após uma decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Muita correria e gente pegando avião rumo a Santarém, mas o teor da dita decisão não apareceu e os ânimos esfriaram.

Silvio Macedo perdeu o mandato juntamente com Roselito Soares. A dupla recorreu à corte suprema da justiça eleitoral brasileira.

No último dia 5 deste mês, o ministro Aldir Passarinho despachou uma cautelar com pedido de liminar de Macedo contra o atual prefeito Valmir Climaco.

No entanto, Passarinho devolveu a peça processual requisitando a juntada de documentos que foram esquecidos pelos advogados de Silvio Macedo. Aldir Passarinho solicitou “as certidões de publicação do acórdão recorrido e do acórdão que julgou os embargos de declaração, além da decisão agravada e da respectiva certidão de publicação”.

Após a juntada, o ministro apreciaria novamente a demanda judicial. Mas até o momento não se tem a materialidade do resultado dessa segunda apreciação.

Comentários

.

.