.

.
.

.

.

.

.

Via Amazônia no xadrez?

Com o título acima no blog do CJK, de Belém:

A Polícia Federal deve estar cumprindo neste momento um mandado de prisão contra a Sra. Joana Pessoa. O motivo seria sua gestão do Via Amazônia, organização criminosa, digo, organização social, cuja administração do Hangar Centro de Convenções está sendo muito comentada na Mídia e nos blogs.

Ontem os meganhas federais tentaram cumprir o mandado de prisão no endereço errado. Hoje já estariam no rumo certo.

Não sei se dará tempo da imputada se munir do competente habeas-corpus.

(Fui alertado às 13:15h que isto não seria verdade, e que não haveria nenhum mandado de prisão contra a Sra. Joana Pessoa.

Bom, então vou narrar a história que a minha fonte me contou:

Ontem à tarde agentes da Polícia Federal teriam adentrado entidade paraestatal de natureza privada localizada na Avenida Municipalidade. Portariam um mandado de prisão contra a pessoa citada.

A confusão de local se deu pelo fato que no contrato de constituição original da OSCIP Via Amazônia o endereço que constava seria o mesmo da entidade paraestatal. Em verdade, técnicos daquela entidade realmente auxiliaram a sua constituição.

A constituição da ONG ocorreu logo antes de sua qualificação pelo Estado, que a encarregou de gerir o Hangar. O endereço teria sido depois alterado.

Como agora veio ao blog nova versão, de que a postagem não procederia, que a minha fonte pode ter se confundido, coloquei uma interrogação no título. E vou procurar descobrir, afinal de contas, o que os "puliças" queriam com a Sra. Joana Pessoa ontem à tarde.

Seria somente um convite para um cafezinho???
)

Comentários