.

.
.

.

.

.

.

Convênio entre Senac e Susipe vai profissionalizar internas em Santarém

Da Agência Pará:

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), por meio do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, firmou um convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em Santarém. O objetivo é oferecer cursos profissionalizantes às detentas daquela unidade penal.

Os detalhes da assinatura do convênio foram discutidos numa reunião realizada na última quinta-feira, 12, na sede do Senac de Santarém. Participaram da reunião o vice-diretor do Centro de Recuperação, Vianey Lira, e o coordenador de Educação, Delson Mourão, além da diretora regional do Senac, Wane Luna e Denise Diniz, diretora do núcleo de Santarém. “A assinatura do convênio deve acontecer nesta próxima semana. Será antes mesmo de Belém”, informou Wane Luna, acrescentando que o mesmo convênio deve ser firmado em outros municípios do Estado.

Inicialmente, 26 detentas serão beneficiadas com a assinatura do convênio. Serão oferecidos três cursos profissionalizantes: merendeira, pintura em tecido e manicure. As professoras do Senac vão realizar os trabalhos dentro da unidade penal. O tempo de cada curso será decidido pela unidade de educação profissional, assim como a oferta de outros cursos.

“Os utensílios que serão usados vamos conseguir por meio de outras parcerias. Também conversamos com a juíza da 9ª Vara de Execução Penal. Ela se mostrou favorável á ideia de reverter nas compras desses materiais algumas das penas reparatórias da Central de Penas Alternativas. As pessoas condenadas lá compram os utensílios e a Justiça os doam para o Centro de Recuperação”, explicou Delson Mourão.

A diretora regional do Senac disse que outros cursos poderão ser oferecidos em pouco tempo. “Estamos à disposição e podemos sim trabalhar juntos. Podemos oferecer outros cursos como o de Direitos Humanos, por exemplo,”, sugeriu Luna. Denise Diniz comemorou o convênio e disse que já tinha experiências dentro da unidade penal. “Já trabalhei em outros cursos lá dentro e as detentas gostam quando têm essa oportunidade”, destacou.

Vianey Lira disse que as detentas poderão optar por aprender uma profissão, o que vai ajudá-las quando cumprirem suas penas. “É mais uma aprendizagem que pode abrir as portas aqui fora após elas saírem da Casa penal”, ressalta. O Senac é uma instituição de educação profissional com referência nacional e aberta a toda a sociedade, que oferece vários cursos, provendo o crescimento profissional e pessoal de milhões de brasileiros.

O superintendente da Susipe, major Francisco Bernardes, afirma que os projetos desenvolvidos na unidade penal Silvio Hall de Moura fazem parte das ações de humanização que serão desenvolvidas dentro do sistema penal paraense e que vão nortear as diretrizes da Susipe.

Comentários