.

.
.

.

.

.

.

Centro de Convenções de frente para o Tapajós

Foto: Alailson Muniz
De vista para o rio Tapajós. É como o governador Simão Jatene quer a localização do Centro de Convenções, que será construído em Santarém. A obra está orçada em R$ 25 milhões e faz parte da ‘Agenda Mínima’ do Governo Estadual.

“É inaceitável a construção dessa obra num local que não seja a vista fenomenal desse belo Tapajós”, justificou Jatene, ontem à noite no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (ACES).

“O Centro vai dinamizar o turismo em Santarém e criar empregos. O governador está olhando com muito carinho para esse projeto”, disse o vice-governador Helenilson Pontes.

Jatene e Helenilson falaram também sobre a implantação da Zona de Processamento de Exportação, que deve ser implantada na cidade. “É uma segunda proposta que vai dinamizar a economia e gerar emprego. Estamos fazendo as articulações políticas para concretizar esse projeto”, disse Pontes.

Comentários

João disse…
Olá! Parabéns ao Governador pelas realizações prometidas durante a campanha política. Espero que o novo Centro de Convenções e Turismo seja construído no único e melhor local para um projeto que com certeza terá conseqüências positivas para toda população da cidade e para os turistas que por aqui hão de vir: o local onde hoje se encontra a Escola Estadual Frei Ambrósio; que deve ser mantida pelo seu excelente desempenho pedagógico e educacional em uma outra área de Santarém, em um ponto que facilite o acesso de seus alunos em não ter que pagar transporte público (cerca de 90% destes). Parabéns!
João disse…
Olá! Parabéns ao Governador pelas realizações prometidas durante a campanha política. Espero que o novo Centro de Convenções e Turismo seja construído no único e melhor local para um projeto que com certeza terá conseqüências positivas para toda população da cidade e para os turistas que por aqui hão de vir: o local onde hoje se encontra a Escola Estadual Frei Ambrósio; que deve ser mantida pelo seu excelente desempenho pedagógico e educacional em uma outra área de Santarém, em um ponto que facilite o acesso de seus alunos em não ter que pagar transporte público (cerca de 90% destes). Parabéns!