.

.
.

.

.

.

.

Identidade é retirada em meio a serviço de dedetização


Quem procurou hoje pela manhã o Setor de Identificação Civil, na avenida Borges Leal, deparou-se com uma situação inusitada. Ao mesmo tempo em que as funcionárias faziam o serviço de emissão e renovação de Carteiras de Identidades, uma firma fazia a dedetização do prédio.

Os funcionários da firma de dedetização perambulavam pelo meio das pessoas que aguardavam atendimento com roupas e mascaras que protegiam apenas eles. Muitas pessoas reclamaram do forte odor dos produtores e venenos utilizados pela firma e pelo horário inadequado da realização do serviço. Alguns indagavam porque não fizeram o serviço no final de semana quando não havia movimento no prédio.

“Algumas funcionárias chegaram a passar mal e tiveram de sair do prédio sob protesto da chefe do Setor, uma senhora de pré-nome Socorro”, revelou uma fonte ao blog.

As servidoras ficaram um tempo do lado de fora de prédio até que o odor dos venenos saísse do interior do prédio.

Comentários

Sarmento disse…
São coisas que acontecem somente em STM