.

.
.

.

.

.

.

‘Rota da integração’ encerra em Porto de Santarém

Foto: Alailson Muniz
Foi no porto de Santarém, administrado pela Companhia Docas do Pará, que encerrou agora a pouco a caravana “Rota da Integração”, liderada pelo governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, e composta por um grupo de investidores chineses, empresários e políticos.

Em solo santareno, a caravana foi ciceroneada pelo governador Simão Jatene, seu vice Helenilson Pontes e pela prefeita municipal Maria do Carmo, além de outras autoridades políticas.

Após a chegada, aproximadamente às 18h50min, Jatene seguiu de carro do Maestro Wilson Fonseca para Belterra, onde se encontraria novamente com a caravana. Mas, no meio do caminho, a comitiva do governador paraense se encontrou com a caravana, que já seguia em direção ao porto de Santarém.

Junto com a caravana mato-grossense, o representante do grupo chinês China National Machinery Corporation (CMC). A empresa pretende construir uma ferrovia que ligará Santarém à capital de Mato Grosso. O objetivo é abrir um corredor mais veloz para o escoamento da produção do Centro-Oeste.

Silval Barbosa frisou que a integração dos dois estados vai ajudar a desenvolver toda a região. Ele falou que a obra é viável que mais investidores já estão interessados na proposta.

Jatene ressaltou a importância econômica da integração entre os dois estados e o impacto econômico que a construção da rodovia vai proporcionar ao Pará. “No mundo globalizado, a logística é o desafio. Essa obra vai avançar nessa construção. Vamos alcançar mercados internacionais com preços cada vez mais competitivos”, pontuou Jatene.

O encerramento da caravana foi formalizado durante um ato político, seguido de um jantar, no Hotel Barrudada.

Comentários