.

.
.

Indicado para o TCE é sabatinado


O ex-deputado André Dias participou na quarta-feira (09/11) de arguição pública na Assembleia Legislativa, por ter sido indicado pelo governador Simão Jatene para ocupar uma vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE). A arguição é uma determinação do regimento interno da Alepa, além de ser prevista também na Constituição Estadual.

Foi a segunda vez que André Dias foi indicado para uma vaga no Tribunal de Contas do Estado. Em 2010, ele teve o nome apresentado juntamente com os deputados Luiz Cunha, Júnior Hage e Martinho Carmona. Desta vez, Dias foi candidato único e tem grandes chances de ser escolhido por unanimidade pelos deputados estaduais.

Para André Dias, a indicação feita pelo governador Simão Jatene “é uma demonstração de que o governador reconhece a importância dos parlamentares para a governabilidade. Ele poderia ter indicado qualquer cidadão, talvez até com mais conhecimento técnico, mas decidiu indicar um parlamentar”, avaliou.

Em discurso, André Dias destacou que apóia o trabalho iniciado pelo atual presidente do TCE, Cipriano Sabino. “A intenção do TCE de chegar a todos os jurisdicionados é importante para evitar que erros sejam cometidos nas prestações de contas, e os recursos públicos sejam mal utilizados por falta de informação”, disse. “Se for escolhido, pretendo representar no TCE o papel de conciliador entre o desejável e o possível, o ideal e o realizável”, garantiu Dias. A votação da escolha em plenário será nos próximos dias, com a presença do presidente Manoel Pioneiro, que no dia da arguição se encontrava em Portugal.


Fonte: Ascom/Alepa

Comentários

.

.