.

.
.

.

.

.

.

Justiça determina fim da greve de professores


O magistrado Elder Lisboa divulgou agora a pouco, em sentença, o fim da greve dos professores da rede estadual de ensino.

Caso a categoria não retorne às atividades, a greve será considerada ilegal e o presidente do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Pará) pagará uma multa diária de R$ 25 mil.

O Sindicato tem ainda 10 dias para garantir a reposição das aulas perdidas durante a greve.

Sorbou para o estado também que não deve não descontar os dias de paralisação. Também deve adotar as providências necessárias para a atualização do piso salarial que deve à categoria, bem como a implantar o Plano de Cargos Carreiras e Salários da categoria em até 12 meses, a partir de 1º de janeiro de 2012.

Comentários