.

.
.

.

.

.

.

Contraponto

Coluna Contraponto, publicada originalmente na edição de sábado de O Estado do Tapajós:

De volta
Voltamos depois de algumas semanas de férias. Que 2012 possa nos proporcionar boas notícias nas áreas de política, saúde, economia, educação, trânsito, esporte e meio ambiente. O leitor também não deve esquecer que 2012 é ano de eleições municipais, então muitas análises podem cair por terra de um dia para o outro em decorrência da postura dos grupos políticos que dominam a Pérola do Tapajós.

Compras em MT
O prefeito de uma determinada cidade do Oeste paraense fretou um avião para ver in loco os carneiros que almeja comprar para a sua mais nova fazenda adquirida por R$ 1,5 milhão. O local do encontro com os carneiros foi uma cidade do estado de Mato Grosso.

Parazão 2012
O São Francisco começou muito bem o Campeonato Paraense 2012. Empatou com o seu maior rival e venceu o todo poderoso Paysandu. Já o São Raimundo, além do empate, amargou uma derrota contra o Remo lá no Baenão. Quem disse que organização não faz a diferença.

Insatisfação
Aliás, os diretores do São Raimundo não ficaram satisfeitos com o que eles dissertam ser o escudo do São Francisco desenhado na grama do estádio Colosso do Tapajós no jogo do último domingo. “Será que no jogo de volta eles vão desenhar o nosso”, indagou um diretor.

Garotos da Coroa
O bloco carnavalesco Garotos da Coroa resolveu inovar mais uma vez este ano. Os organizadores da agremiação fizeram uma espécie de parceria com a unidade local do Hemopa. Desde de anteontem que procurar aquela unidade de saúde para doar sangue receberá o abada do bloco para brincar o Carnaval santareno. Para ajudar ainda mais o hemocentro, os diretores do bloco também doaram sangue.

Chuvas
As chuvas demoraram a começar cair com intensidade sobre Santarém. A expectativa agora é se a malha viária do município vai suportar o volume de água reservado por São Pedro para a cidade durante o período chuvoso de 2012.

Região Metropolitana
Aprovada a lei que criou a Região Metropolitana de Santarém, o próximo município paraense, Mojuí dos Campos, já nasce sob essa nova insígnia. sorte para o primeiro prefeito da cidade que desfrutará de um maior leque de opções para correr atrás de verbas federais e estaduais.

Orla, nova etapa
A Prefeita Maria do Carmo conseguiu R$ 35 milhões para a construção da próxima etapa da orla de Santarém. a obra também a drenagem da avenida Tapajós com o objetivo de proteger a cidade das cheias imprevisíveis do rio Tapajós.

Duplicação da Guilhon
Outra obra que deve ser anunciada em breve pela Prefeita de Santarém será a duplicação de um novo trecho da rodovia Fernando Guilhon. O dinheiro já foi liberado e decorre de uma emenda do então deputado federal Paulo Rocha. Maria do Carmo quer dar um toque feminino nessa nova etapa da obra. Ela promete canteiros floridos e muita luz.

Audiência
Os advogados Euler Penha, Arlisson Pontes e Pedro Marialva; as jornalistas Larisse Caripuna, Nelma Bentes e Leíra Rodrigues, os secretários Everaldo Martins e Inácio Correa, os vereadores Nélio Aguiar, Erasmo Maia e Carlos Jaime são leitores assíduos desta coluna. A eles, o nosso muito obrigado pela audiência.

Comentários