.

.
.

Consórcio de Belo Monte é multado em R$ 7 mi pelo Ibama

Da Agência Reuters:

O Consórcio Norte Energia, responsável pela usina hidrelétrica Belo Monte, no rio Xingu (PA), foi multado em 7 milhões de reais pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) por atraso na implementação do Projeto Básico Ambiental da obra, informou o Ibama em nota nesta sexta-feira.

Além da multa, o Ibama determinou ao consórcio que apresente um plano de ação para regularizar o cronograma dos programas ambientais.
O Consórcio Norte Energia disse, em nota, que "adotará os procedimentos administrativos cabíveis, inclusive interpondo recurso".

A Norte Energia informa que a "notificação" recebida no último dia 15 de fevereiro não implica em suspensão da licença de instalação ambiental. As obras e demais atividades do empreendimento também continuam em curso normal, informou a empresa.

O Consórcio de Belo Monte disse ainda que as desconformidades apontadas pelo Ibama, "não implicam reflexos ambientais negativos". O Ibama, no entanto, não menciona esse detalhamento na nota divulgada.

O Ibama decidiu autuar a Norte Energia após a avaliação realizada no período entre junho e outubro de 2011, com base no Relatório de Andamento do Projeto Básico Ambiental apresentado pela empresa em novembro.

Com cerca de 11 mil megawatts (MW) de potência instalada, a usina hidrelétrica Belo Monte é um empreendimento que tem entre os sócios a Eletrobras, a Cemig, a Light, entre outras.    

Comentários

.

.