.

.
.

.

.

.

.

Inércia desumana

O tratamento desumano dispensando a quem procura os serviços do INSS em Santarém não é motivo suficiente para que o Ministério Público Federal faça, pelo menos, uma recomendação endereçada ao órgão pedindo a ele que respeite seus clientes. Santarém sente saudades de alguns procuradores atuantes que já passaram por aqui.

Comentários