.

.
.

.

.

.

.

Prefeitura assina contratos para construção de moradias

A administração municipal de Santarém, representada pelo secretário de Infraestrutura, Inácio Correa, assinou contratos com a empresa Carmona Cabrera Engenharia para a construção de 480 unidades habitacionais no bairro Aeroporto Velho. O projeto de construção das casas faz parte do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS) e será executado através de um convênio entre a prefeitura de Santarém e o governo Federal, via ministério das Cidades.

O secretário Inácio Correa explica que para totalizar a quantidade de 480 moradias há dois projetos: um é referente ao Residencial Uruará, que terá 168 apartamentos e está orçado em aproximadamente R$ 5 milhões e o outro é o Residencial Santo André, que contará com 312 unidades e custará pouco mais de R$ 10,1 milhões. Os dois residenciais serão construídos lado a lado em uma área localizada à Avenida Moaçara, bairro Aeroporto Velho.

O programa do FNHIS é exclusivo para atender pessoas que moram em área de risco, como em locais alagadiços ou próximos a morros e encostas.

“Para selecionar os beneficiários, iremos elaborar um cadastro com o auxilio da Defesa Civil e da secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social (SEMTRAS). Com este projeto, nós iremos dar condições dignas para muitas pessoas que sofrem, principalmente no período chuvoso”, enfatiza Inácio Corrêa.

O representante da empresa Carmona Cabrera Engenharia, Flávio Carmona, informou que a obra deve começar no próximo mês.

A política de moradia é levada a sério pela prefeitura de Santarém. No ano passado foram entregues – sem qualquer ônus às famílias - 30 casas no bairro Alvorada, tirando de área de risco, principalmente, pessoas que viviam em condições sub-humanas nos bairros Mapiri, Santo André e Uruará. Através do Programa de Aceleração de crescimento (PAC), a prefeitura irá construir 653 casas nos bairros Mapiri e Uruará. A obra segue em bom ritmo e as primeiras unidades devem ser entregues este ano.

Ainda fazendo parte da política de habitação, o governo municipal realiza as inscrições para o Programa Minha Casa Minha Vida. O Programa prevê a construção de 4.500 moradias em Santarém. O cadastro é feito na Travessa Tupinambás, entre as Avenidas Ismael Araújo e Altamira, bairro Santíssimo, ao lado da secretaria municipal de Habitação (SEMH).

Fonte: Ascom/Prefeitura de Santarém

Comentários