.

.
.

Tribunal a passos de tartaruga cassa prefeita de Santarém

Foto: Rozinaldo Garcia/Blog do Jeso
Após aq decisão, Maria do Carmo emocionada é recebida no aeroporto de Santarém.


Desprendido de emoções político-partidárias este poster não achou graça na decisão proferida hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará. A corte cassou os mandatos da Maria do Carmo e do seu vice-prefeito José Antônio Rocha nesta manhã.

O que chama atenção é o tempo que o egrégio Tribunal precisou para avaliar a questão de tamanho interesse da população santarena: quase 4 anos.

Maria do Carmo foi acusada pelo Democratas de compra de voto na eleição de 2008 à prefeitura de Santarém. No entanto, o procurador que trabalhou no caso incluiu imediatamente o nome de José Antônio Rocha no rol dos acusados.

A decisão foi unânime, mas um motivo para se questionar a morosidade. A decisão tomada agora não faz nascer a justiça, mas sim cria um desserviço ao município de Santarém.

A opinião pública ainda precisa descobrir a fórmula que faz alguns processos tramitarem de forma célere, mas de tempos em tempos. 

Nesse caso, a decisão não devia receber tanta atenção quanto o tempo que o mérito levou para ser julgado, e o motivo também.

Comentários

.

.