.

.
.

.

.

.

.

Nélio Aguiar: nove meses como deputado


Com um saldo de 7 projetos de Lei,  19  requerimentos, 22 moções e 11 emendas apresentadas ao orçamento 2013, o deputado Nélio Aguiar (PMN), com 9 meses de atividade parlamentar encerra o ano de 2012 com  a sensação do dever cumprido. Um dos parlamentares mais assíduos e atuantes da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Aguiar assumiu o mandato em março deste ano.

 Médico e ex-vereador em Santarém, no Oeste do Pará,  Nélio Aguiar tem como bandeira do seu mandato a luta  pelo desenvolvimento da Região, que  se ressente historicamente,da ausência dos Governos Estadual e Federal, e inclusive foi às urnas votar pela redivisão territorial do Pará e a criação do Estado do Tapajós. “A enorme distância existente entre a base que a gente representa e a nossa capital, dificulta  o  nosso trabalho, por conta disso,  a descentralização administrativa tem sido minha luta junto do Governo do Estado, como alternativa para melhor atender as necessidades do povo do Oeste do Pará”, disse.

 
Por iniciativa do parlamentar santareno a ALEPA realizou audiência pública para debater a precariedade do aeroporto de Santarém, que hoje atende o dobro da sua capacidade instalada. Realizada em Santarém, a audiência pública bateu recorde de participação de deputados estaduais. Nove participaram das discussões, que envolveram  ainda vereadores de Santarém e de outros quatro municípios, além do trade do turismo e demais autoridades relacionadas ao assunto.

Nélio Aguiar tem ainda um requerimento solicitando à Alepa a realização de audiência pública para debater questões relacionadas à construção das usinas no Rio Tapajós, em Itaituba. O requerimento aguarda aprovação da Casa para realização do evento.

 

O Governo do Estado e suas respectivas secretarias também foram objeto de várias moções apresentadas na Alepa pelo deputado. Mesmo membro da base de sustentação do Governo do Estado na ALEPA, Nélio Aguiar fez quantas solicitações avaliou necessárias para a defesa dos interesses do povo da região. “Solicitamos a inclusão da construção do porto de Santarém no conjunto de obras a serem realizadas com recursos oriundos de operação de crédito junto ao BID, assim como aumento de recursos para o serviço de homodiálise de Santarém, implantação de serviço do Instituto Médico Legal em Óbidos, aumento na segurança pública de Santarém, com aquisição de veículos e aparelhamento, inclusive de um helicóptero,  recuperação da PA 254, construção de delegacia em Mojuí dos Campos, entre outros.

 

 Para 2014 o parlamentar diz que irá defender que haja a superação  das diferenças partidárias da bancada da Região Oeste para que a atuação do político da região não seja de forma individual e sim em forma de um bloco suprapartidário, comprometido com as bandeiras do povo da região. “A nossa bancada precisa estar unida, para juntos irmos até o Governo do Estado e até Brasília levar as reivindicações do povo do Oeste do Pará, pois só assim conseguiremos trazer o desenvolvimento que tanto a região precisa”, anunciou.

Texto: Ascom/Parlamentar

Comentários