.

.
.

Celpa lança plano de demissão


A Celpa vem trabalhando na reestruturação de processos, renegociação de contratos e iniciando novos investimentos no sistema elétrico com o objetivo de melhorar os serviços prestados aos clientes. Uma das etapas do Plano de Reestruturação, será a implementação do Programa de Demissão Voluntária (PDV), com o objetivo de adequar o quadro de pessoal à atual conjuntura da empresa, que investe na sua recuperação econômico-financeira.

O PDV proporcionará incentivos financeiros àqueles colaboradores que aderirem. As condições e as etapas do programa foram discutidas com os Sindicatos, entretanto, não houve acordo. Considerando os limites e a necessidade da empresa em implementar o plano, a proposta será revisada e apresentada aos colaboradores em breve.

O PDV é uma prática adotada por grandes e respeitadas empresas em processos de reestruturação. "As ações do Plano de Reestruturação são necessárias e estão sendo conduzidas de forma responsável e compatível com a atual condição da empresa, sem nenhum prejuízo ao atendimento da população paraense", garante o presidente da Celpa, Nonato Castro.

 Aliás, a intenção é que a melhoria no atendimento seja percebida o mais breve possível. Uma etapa importante da reestruturação será o investimento em qualificação dos profissionais da Celpa. A empresa apostará no treinamento de seu quadro de pessoal, para que os colaboradores estejam cada vez mais bem preparados e aptos a atenderem bem o cliente.

 

Histórico - Desde que assumiu o controle acionário da Celpa, a nova gestão tem feito grande esforço para reverter a crise que culminou com o pedido de Recuperação Judicial. Entretanto a situação financeira da empresa ainda é muito crítica e os custos operacionais da concessionária estão muito acima daqueles reconhecidos pela ANEEL na tarifa.

 

Hoje, a Celpa possui os piores indicadores do setor elétrico brasileiro em praticamente todos os quesitos em especial nos de perdas de energia, qualidade do fornecimento e atendimento ao cliente. "Por isso temos trabalhado intensamente, nesta nova gestão, para reverter a situação, ajustando a operação e os processos para a melhoria do serviço", acrescenta Nonato.

 

A experiência do novo controlador da Celpa, que também controla a distribuidora de energia elétrica do Maranhão, será um fator determinante nessa jornada. A concessionária maranhense foi adquirida nas mesmas condições da Celpa, e hoje a empresa figura entre as melhores do país e entre as melhores para se trabalhar pela Você SA e Great Place to Work/Época. "É esse o caminho que a Celpa deve trilhar. Temos talentos humanos e condições pra isso", finaliza o Presidente.
 
Ascom Celpa

Comentários

.

.