.

.
.

Benefícios em concurso público para quem for doador

Não é segredo que os bancos de sangue de nosso município encontram dificuldades de encontrar doadores. Para amenizar essa deficiência, o vereador Dayan Serique (PPS) apresentou projeto de lei no legislativo municipal que isenta o doador de sangue e de órgãos e tecidos de pagar taxa de inscrição em concurso público municipal e que a sua condição de doador seja critério de desempate nos certames. O objetivo é conceder uma contrapartida a quem já realiza o ato de solidariedade e incentivar a juventude santarena a prestarem esse ato humano.

"É dar uma espécie de incentivo a quem pode doar sangue e não doa por algum motivo. às vezes, falta só um empurrãozinho e esperamos que esse projeto de lei seja esse empurrão. Muitas vidas vão agradecer", explica o líder do PPS.

Serique acrescenta que a doação de órgãos e tecidos também deve ser estimulada. Ele lembra que o Hospital Regional Dr. Waldemar Pena já realiza alguns procedimentos aqui na região.

"Doar órgãos e tecidos e dar uma chance a quem está esperando. Quero sensibilizar as pessoas a serem os portadores dessa chance a quem luta para viver nas filas de espera", pontua o vereador.

Dayan Serique lembra ainda que em alguns períodos do ano a unidade do Hemopa de Santarém chega a importar sangue da capital paraense para atender a demanda regional.

"Um único hemocentro para toda a região. Então, demanda é grande, mas o nosso humanismo maior ainda. É inadmissível que o Hemopa importe sangue de Belém. Com esse projeto esperamos fazer esse número de doadores crescer e resolver de vez essa falta de sangue", concluiu Dayan Serique.

 
Fonte: Assessoria parlamentar

Comentários

.

.