.

.
.

Morre Sérgio Pingarilho, ex-prefeito de Prainha

Sérgio Pingarilho realizou o sonho de ser prefeito de Prainha.
Foto: Alailson Muniz
Morreu hoje de manhã, em Belém, por volta das 6h, vítima de uma parada cardíaca, o ex-prefeito do município de Prainha Sérgio Pingarilho (PMDB).

A primeira alteração no coração ocorreu às 22h de ontem. Os médicos conseguiram reanimá-lo. Por volta das quatro horas da madrugada ele sofreu a segunda parada cardíaca e não resistiu. Recentemente, Sérgio já havia passado por um procedimento cirúrgico no coração.

Pingarilho era líder de uma das maiores 'força-política' de Prainha. Concorreu por cinco vezes ao cargo de prefeito e conseguiu se eleger na quinta tentativa após juntar forças com o Partido dos Trabalhadores.

Sérgio Amaral Pingarilho perdeu a reeleição para a Patrícia Hage, irmã de Gandor Hage, seu maior adversário político.

Ele sempre contava que seu sonho era ser prefeito de Prainha.

Os amigos mais próximos de Sérgio diziam que ele ficou depressivo e lamentava muito sua derrota nas urnas. Atribuía a derrota à "traição política", disse certa vez a este signatário.

O ex-prefeito era casado com a médica Deusa Pingarilho. Ele será enterrado em sua terra natal.
 
A prefeita Patrícia Hage decretou cinco dias luto na cidade. 

O herdeiro político de Sérgio é seu irmão Edmundo Pingarilho que atualmente exerce o terceiro mandato de vereador pelo PSB em Prainha.

Comentários

.

.