.

.
.

.

.

.

.

Santarém ainda no páreo por fábrica de cimento de R$ 800 milhões da InterCement


InterCement vai gerar mil empregos e investir R$ 800 milhões.
Santarém ainda está na disputa para receber a implantação de uma fábrica de cimento da mega empreiteira Camargo Correa. O investimento será de R$ 800 milhões e a outra concorrente é a cidade de Manaus.

Fonte do blog em Manaus participou de uma reunião em que Marco Zangari, diretor de planejamento da InterCement, incorporadora controlada pela Camargo Correa, afirmou que a fábrica pode sim ainda ser instalada em Santarém, e com grandes chances.
O executivo disse o fator logística é a maior atração da cidade. A localização favorece o fornecimento dos mercados da Região Norte, além de que a Pérola do Tapajós está colada na jazida de calcário que a empresa possui na Calha Norte. O custo com transporte é a despesa mais alta desse tipo de investimento.

Manaus é opção pelo óbvio: possui enormes subsídios fiscais.

A estimativa é de que a fábrica de cimento gere mil empregos diretos durante sua implantação. Serão investidos R$ 800 milhões e a empresa quer produzir 900 mil toneladas por ano.
A InterCement possui 16 fábricas de cimento no Brasil.

No ano passado, a empresa chegou a passar por Santarém em busca de apoio para implantar a fábrica. Foi chamada às pressas para Manaus que lhe ofereceu mundos e fundos.
 

Comentários