.

.
.

Baleados em garimpo de Itaituba são internados em Santarém

No Portal NoTapajós:

A Secretaria Municipal de Saúde de Santarém informou, na tarde desta quinta-feira (12), que duas pessoas chegaram ao município vítimas de baleamento ocorrido durante assalto com sequestro na manhã de hoje no garimpo de Crepurizinho, no município de Itaituba, oeste do Pará.

De acordo com a secretaria, Claudio Ediclei Rocha da Silva, 35 anos, vítima de arma de fogo, deu entrada no centro cirúrgico do Hospital Municipal de Santarém às 16h10 para retirada de projétil alojado no abdômen. O quadro clínico está estável.

O outro baleado, Sancler da Luz, 35 anos, está no setor de reanimação, com tiro na região cervical, com quadro clinico delicado. Ele aguarda transferência para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional do Baixo Amazonas, sediada em Santarém.

Entenda

A polícia investiga o sequestro de um avião, ocorrido na manhã desta quinta-feira (12), no garimpo Crepurizinho, no município de Itaituba, oeste do Pará. De acordo com o delegado Lucivelton Ferreira dos Santos, a hipótese é de que o bando seja de Santarém.

Segundo o delegado, um empresário do ramo de aviação, o dono de uma empresa mineradora e mais duas pessoas chegaram ao garimpo em um avião de pequeno porte, quando foram abordados por quatro homens encapuzados e armados com fuzis que os agrediram, baleando duas pessoas. O grupo rendeu o piloto, que também é dono da empresa aérea, e o proprietário da mineradora exigindo que lhes dessem ouro, mas, como encontraram apenas uma pequena quantidade, resolveram fugir. Eles obrigaram o piloto a os deixar em um local próximo a rodovia Transamazônica. No momento do voo, o piloto teria dito que o combustível estava acabando e pousou no município de Jacareacanga, sudoeste do Estado. Nesse momento, os bandidos teriam fugido para o mato, deixando piloto e aeronave.

O piloto do avião procurou a polícia e prestou depoimento. A Força Nacional, a Polícia Civil e a Polícia Militar de Jacareacanga fazem buscas pelos suspeitos.

Comentários

.

.