.

.
.

Festa do Çairé começa em Santarém com o levantamento de mastros

Da Agência Pará:

O ritual do levantamento dos mastros se repetiu mais uma vez na manhã desta quinta-feira (19), em Alter do Chão, dando início à maior e mais antiga manifestação cultural do interior da Amazônia: a festa do Çairé, que ocorre anualmente em setembro em Santarém, no oeste paraense. Os dois mastros, conduzidos por um juiz e uma juíza, personagens da festa, foram levados da praia do Cajueiro para a Praça do Çairé, onde foram ornamentados com plantas, frutas e garrafas de bebidas. Os homens foram os primeiros a levantarem os símbolos.

Todo o ritual ocorreu sob os olhares da Saraipora, Mordomos, Mordomas, Alferes, Promotores, Capitãs e Rezadeiras. Cantos antigos foram entoados pelo conjunto Espanta Cão, um dos ícones da festa. Dezenas de turistas, comunitários e autoridades políticas acompanharam a procissão. A vila, de pouco mais de cinco mil habitantes, recebe, até segunda-feira (23), cerca de 100 mil visitantes, segundo estima a coordenação da festa. Nesses dias, todas as tardes, rituais religiosos ocorrem na praça do evento. No último dia, a tradicional "varrição da festa", seguida da disputada derrubada dos mastros, marca o encerramento do Çairé.

No sábado (21), ocorre o Festival dos Botos, uma disputa sadia entre as agremiações do Tucuxi e Cor de Rosa. São oito títulos do Cor de Rosa contra seis do Tucuxi. Os enredos escolhidos para este ano são “Boto Tucuxi: A Festa”. Segundo o professor Edibelto Ferreira, diretor do Boto Tucuxi, a agremiação apresentará a origem da festa. “O que é e como tudo começou”, diz.

O Cor de Rosa levará para o lago o enredo “Çairé – Cultura ancestral”. “Vamos mostrar um espetáculo de qualidade, como Santarém nunca viu. Queremos ser campeões este ano, e nossos artistas estão empenhados em preparar alegorias esplendorosas. Nossos brincantes estão ensaiando, todos estão muito entusiasmados”, conta Nivaldo Coelho, diretor do Boto Cor de Rosa.

“Uma apresentação de qualidade, profissional, que atraia o público que em geral fica do lado de fora do Çairódromo esperando o início dos shows. Nossa expectativa é que será um espetáculo grandioso e que o público vai aprovar o formato proposto dessa disputa”, argumenta Marlison Soares, coordenador da festa do Çairé 2013.

Estrutura – Para garantir a segurança e acessibilidade à festa do Çairé, o governo do Estado, por meio do Núcleo Regional da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), fez trabalhos pontuais de recuperação e manutenção da rodovia Everaldo Martins, a PA-457, que liga Santarém a Alter do Chão. Durante a festa, o fluxo de veículos pela rodovia aumenta de forma considerável. A estrada tem muitas curvas e pontes e é o único acesso terrestre à vila.

Outra ação do governo do Estado chegou por meio da Empresa de Processamento de Dados do Pará (Prodepa), que instalou equipamentos que garantem acesso fácil e rápido à internet aos turistas e visitantes que passarem pela festa. Segundo a Prodepa, os pontos de acesso livre estarão localizados na Praça do Çairódromo – onde ocorre a disputa entre os botos –, e na orla da praia da Ilha do Amor, que possibilita o acesso à rede num raio de até 150 metros.

“O governo do Estado tem dado apoio incondicional e institucional à festa do Çairé. Apresentamos aos comunitários a viatura e ambulância que nos foi entregue pelo vice-governador Helenilson Pontes, que é filho da terra. A segurança da festa também está garantida por homens da Polícia Militar. Esse apoio do governo estadual tem sido relevante para engrandecimento do Çairé. Este ano, vamos fazer o maior e melhor Çairé de todos os tempos”, diz o prefeito de Santarém, Alexandre Von.

A Polícia Militar e o Detran vão estar 24 horas por dia monitorando a rodovia Everaldo Martins, para evitar acidentes e que motoristas comprometam suas vidas e as vidas de inocentes. “A Polícia Militar faz todos os anos a Operação Sairé. Neste ano, 830 homens vão atuar nesses cinco dias para garantir a segurança dos visitantes da vila”, explica o tenente coronel Carlos Risuenho, comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar.


Texto:
Alailson Muniz - Secom

Secretaria de Estado de Comunicação
Travessa Apinagés, nº 270, entre Rua dos Tamois e Mundurucus Bairro de Batista Campos CEP: 66033-170
Fone: (91) 33493533
Site: www.agenciapara.com.br Email: gabinete@secom.pa.gov.br

Comentários

.

.