.

.
.

.

.

.

.

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE



O FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA DO OESTE DO PARÁ, entidade que congrega ACES – Associação Comercial e Empresarial de Santarém, APRUSAN – Associação de produtores Rurais de Santarém, ASSIMAS – Associação da Indústria Madeireira de Santarém, CACEOP – Câmara de Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Pará, CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Santarém, CONSEP – Conselho de Ex-Presidentes da Associação Comercial e Empresarial de Santarém, CRECI – Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de Santarém, FACIAPA – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Pará, FAMCOS – Federação das Associações de Moradores e Organizações Comunitárias de Santarém, OAB – Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Santarém, OMIPEM – Organização da Micro e Pequena Empresa e Micro Empreendedor, FAEPA – Regional do Oeste do Pará, STTR – Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém, SINDILOJAS – Sindicato do Comércio Lojista de Santarém, Sindicato dos Ambulantes de Santarém, SIRSAN – Sindicato Rural de Santarém, UNECOS – União das Entidades Comunitárias de Santarém e Z20 – Colônia de Pescadores, vem através desta MOÇÃO, devidamente aprovada pela maioria absoluta de seus membros, apresentar solidariedade e apoio às advogadas Dra. GRACILENE AMORIM e Dra. FRANCISCA DIAS, dignas representantes da OAB – SEÇÃO DO PARÁ – SUBSEÇÃO DE SANTARÉM, em face ao inadequado, descortês e autoritário tratamento desferido pelo militar Coronel Sérgio Henrique Codelo Nascimento, responsável pelo comando do 8º BEC/SANTARÉM (PA), episódio ocorrido no dia 23 de agosto do ano em curso no quartel do Exército, durante uma importante reunião, na qual se tratava sobre um cronograma de desmobilização de uma empresa do município, com iminentes reflexos danosos à economia e postos de trabalho ligados à construção civil do Oeste do Pará.

O FÓRUM DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA DO OESTE DO PARÁ tem como uma de suas principais diretrizes o desenvolvimento social e econômico da Região, bem como a defesa do interesse coletivo de sua população.


Assim, reconhecendo que a OAB/PA, Subseção de Santarém, foi buscar solução no sentido de evitar prejuízos aos trabalhadores da construção civil, em decorrência da ameaça real de fartas demissões e paralisação de obras de toda ordem, vimos ratificar moção de solidariedade ante a atitude desrespeitosa em que foram vítimas as representantes da Ordem dos Advogados do Brasil. Ademais, acredita-se que o bom trato, a cortesia e a urbanidade devem fazer parte de todo ser humano, especialmente enquanto homens públicos.



Santarém/PA, 29 de agosto de 2013.
  
OLAVO DAS NEVES
Coordenador do Fórum das Entidades Representativas da Sociedade Civil Organizada do Oeste do Pará

Comentários