.

.
.

.

.

.

.

Câncer de mama: Grupo Amigos do Peito recebe homenagem na Câmara Municipal

Leíria Ferreira: homenagem ao Amigos do Peito.
Na sessão desta quarta-feira, 05, o vereador Dayan Serique apresentou Moção de Congratulações para a jornalista Leíria Ferreira, presidente do Grupo Amigos do Peito,  pela passagem do Dia Nacional da Mamografia, comemorado na data de hoje.

O "Dia Nacional da Mamografia" foi criado para conscientizar as mulheres da importância dos exames de prevenção, pois as chances de cura chegam a 95% quando o diagnóstico ocorre na fase inicial. De acordo com a Confederação Brasileira de Radiologia, são esperados 57 mil novos casos da doença no país em 2014. O câncer de mama é curável quando tratado adequadamente em estágio precoce. Por isso, a importância da mamografia reside no fato de ser o único método exequível para detecção precoce do câncer de mama.

A mamografia não causa dor nas pacientes, mas produz um pequeno desconforto que dura o tempo de exposição, ou seja, de 2 a 3 segundos. Em pacientes assintomáticos, sem lesão palpável, com ou sem histórico familiar, a mamografia preventiva deve ser anual.

— Toda a mulher acima dos 40 anos deve visitar o ginecologista anualmente para se submeter a exame ginecológico, o exame de prevenção do câncer de colo uterino, além da avaliação clínica das mamas. O exame clínico é indispensável.

Em 2013 foram disponibilizados 3299 exames de mamografia, em Santarém. Por mês, a cota de exames realizados é de 275. Em anos anteriores o número disponibilizado não alcançava a cota e algumas medidas foram tomadas como: Alinhamento com a regulação, realização de campanhas externas de sensibilização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce e implantação do Canal de Comunicação com o Usuário.

A jornalista Leíria Ferreira, descobriu que tinha câncer em 2012. Ela criou grupo “Amigos do Peito” com o objetivo de ajudar as vítimas que estão em tratamento no município.


“O Ministério da Saúde preconiza que a mamografia deve ser obrigatória a partir dos 40 anos, mas vários casos foram detectados antes mesmo dos 40, como o da jornalista por exemplo, que tinha 37 anos quando descobriu a doença.

Recentemente duas mulheres, com idade inferior aos 40 anos, morreram vítima de câncer. Elas faziam tratamento em Belém e em São Paulo.

Projeto de Lei

Um projeto de lei apresentado, ano passado, pelo vereador Dayan Serique (PPS), permitirá que a partir dos 40 anos, as trabalhadoras do serviço público do município de Santarém, sejam dispensadas do trabalho, durante um dia no ano, para que elas possam realizar o exame.

Segundo o vereador, o projeto tem o objetivo de prevenir e detectar o câncer enquanto ainda muito pequeno, uma vez que descobertas precoces de cânceres mamários, por meio da mamografia aumentam muito as chances de um tratamento bem-sucedido.


Por: Núbia Pereira

Comentários