.

.
.

.

.

.

.

Chico Buarque completa 70 anos e recebe homenagens

Chico Buarque completa 70 anos e recebe homenagens  Walter Carvalho/Divulgação
Foto: Walter Carvalho / Divulgação

Imagine um Brasil sem Chico Buarque. E também sem Geni, Beatriz, Pedro Pedreiro, Rita. O talento de Chico foi nos presenteando com esses personagens que até hoje nos explicam de quem é feito o Brasil. Os sambas do autor se tornaram essenciais não apenas no cancioneiro nacional, mas na história do país.
Nesta quinta-feira, o compositor completa 70 anos. A festa de aniversário será em Paris, onde ele finaliza seu próximo romance. Mas, por aqui, os fãs vão poder comemorar com shows, filmes, musicais e outros tributos. Confira o que vem por aí.

Nos palcos de Porto Alegre
Na quarta-feira, o projeto O Maestro, O Malandro & o Poeta – Especial Tom, Chico & Vinicius, que reúne as bandas Roda Viva, Tribo Brasil e Carne de Panela, vai ao Batemacumba honrar estes três ícones da MPB, privilegiando o repertório do aniversariante – reapresentação em 17 de julho, no Ocidente. 

No dia 10, o grupo Roda Viva mostra repertório de Chico no Ocidente. O baixista Juliano Luz explica por que o grupo não se cansa de tocar canções do músico após 10 anos de shows:
– A obra dele é rica musicalmente e no conteúdo. Ele fala de muitos assuntos, sempre trabalha com arranjos diferentes, compondo com parcerias importantes, e ao mesmo tempo tem várias músicas em que ele fez a melodia, a harmonia, a letra, tudo. É um grande compositor.
A banda Samba e Amor também tem dedicado todos os seus shows no mês de junho no Batemacumba Bar ao compositor.



No cinema
Estreará em 2015 um documentário que retrata o compositor a partir de músicas, textos e entrevistas – a direção é de Miguel Faria Jr., o mesmo do longa Vinicius (2005). Também no ano que vem, deve estrear a adaptação de Cacá Diegues para o musical O Grande Circo Místico, baseado no poema de Jorge de Lima, que ganhou trilha de Chico e Edu Lobo em 1982. Primo do compositor, o cineasta Lula Buarque de Hollanda comprou os direitos para adaptar o livro Leite Derramado, que Chico lançou em 2009.

Na TV

O Canal Brasil exibe neste domingo, às 17h, e no dia 27, às 15h, Chico Buarque – Na Carreira (2012), show da turnê do último disco do músico, que percorre diferentes fases de sua trajetória. Já no sábado, às 17h, e dia 26, às 15h, Palavra de Mulher (2012) destaca o talento de Chico para escrever do ponto de vista feminino na voz de três cantoras. 

Em livro
O próximo romance de Chico Buarque ainda é um segredo, mas a editora Companhia das Letras espera receber o manuscrito em setembro e publicá-lo ainda neste ano. 

Nos fones
A Universal Music tem novidades: disponibiliza o catálogo de Chico no iTunes desde terça-feira, vai lançar em julho versões em Blu-ray para os DVDs da série sobre o artista dirigida por Roberto de Oliveira em 2004 e, em outubro, a edição especial do CD e DVD Samba Social Clube, com sambistas interpretando Chico. Também está previsto o relançamento do box De Todas as Maneiras, com os 21 primeiros discos de Chico e um CD triplo de raridades. 

No centro do país
Em Rio de Janeiro e São Paulo, começa uma onda de musicais com trilhas de Chico. Com Renato Aragão e Dedé Santana no elenco, a adaptação para o palco do filme Os Saltimbancos Trapalhões (1981) chega em outubro, assinada por Charles Möeller e Claudio Botelho, os mesmos diretores de Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos – espetáculo que, depois de estrear no Rio, vai a São Paulo em agosto, e cuja trilha está sendo lançada pela Biscoito Fino. No Rio, agenda cheia: O Grande Circo Místico segue em cartaz até o fim de julho, Ópera do Malandro (1978) estreia em agosto, e os espetáculos Apesar de Você, de Gustavo Paso, e Calabar, O Elogio da Traição, remontado por Ruy Guerra, chegam até o fim do ano.

Comentários