.

.
.

Hospital Regional do Baixo Amazonas receberá maior nível de Acreditação



Após uma semana de visitas e avaliações em todos os setores do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), que é administrado pela Pró-Saúde, em parceria com o governo do Estado, a Fundação Carlos Alberto Vanzolini fez, na manhã desta quinta-feira (4), a divulgação do resultado parcial de Acreditação Nível III. O resultado divulgado pela comissão de auditores torna o HRBA apto a receber a recomendação de Hospital Acreditado pela Organização Nacional da Acreditação (ONA), o que demonstra a qualidade e segurança dos serviços prestados à população, sendo um hospital com total atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo as normas estabelecidas dentro do Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar, onze critérios devem ser rigorosamente obedecidos. Entre eles estão o acesso e continuidade do cuidado; direitos do paciente e familiares; avaliação do paciente; cuidados ao paciente; educação do paciente e familiares; melhoria da qualidade e segurança do paciente; prevenção e controle de infecções; governo, liderança e direção; gerenciamento do ambiente hospitalar e segurança; educação e qualificação de profissionais; gerenciamento da informação.

No HRBA, o processo de busca pela certificação dentro dos critérios estabelecidos pela Organização Nacional da Acreditação (ONA) se iniciou em 2012, ano em que ocorreu a conquista da certificação ONA I. Em outubro de 2013, após um significativo crescimento e evolução de serviços, o HRBA conquistou a ONA II, uma trajetória de amadurecimento e busca pela excelência dos serviços prestados, como informou a assessora de Qualidade do HRBA, Veruska Ramalheiro.

“Isso é resultado de tudo que o hospital tem feito para conseguir o máximo de níveis da Acreditação. Depois dessa conquista, agora é só manter, afinal, chegamos ao nível máximo das acreditações. O próximo passo é buscar a acreditação internacional, feita por uma instituição canadense”, disse.


A Acreditação Hospitalar é um método de avaliação periódico que garante a qualidade da assistência por meio de padrões previamente definidos. “O selo de qualidade hospitalar traz qualidade do atendimento do hospital, então um usuário que busca um hospital com este selo tem certeza que será bem atendido em toda estrutura. Quando se atinge o nível três, significa que a instituição tem uma excelente estrutura, desde a recepção até a UTI. Isso é muito difícil de ocorrer em um hospital público”, explica a avaliadora líder da Fundação Vanzolini, Claudia Akari.

No Brasil, em um universo de oito mil hospitais, apenas 94 têm o título de Acreditação ONA III, e no Pará, e em toda a região Norte, o HRBA é o primeiro hospital público a conquistar a recomendação para certificação. “Só hospitais alinhados nas melhores praticas obtêm esta certificação. Isso significa, para a nossa população, que o Hospital Regional preza pela melhor assistência na qualidade e segurança em saúde ofertada pela medicina mundial”, afirma o diretor geral do HRBA Hebert Moreschi.

“Isso é motivo de muito orgulho para todos nós. A Acreditação vem coroar um 2014 de muitos projetos realizados e conquistas, como o prêmio de melhor projeto em Gestão de Saúde do Brasil pela Federação Brasileira dos Administradores Hospitalares e a Certificação como Hospital de Ensino pelos Ministérios da Educação e da Saúde”, enfatizou o diretor geral.

A homologação do certificado de Hospital Acreditado Nível III deverá ser emitida pela Organização Nacional da Acreditação (ONA) em um prazo de até 30 dias. Entre as certificações existem três níveis: o Nível I, que é a Acreditação baseada na Segurança Assistencial do usuário; o Nível II, que é a Acreditação Plena, baseada na interação dos diversos processos e das áreas; e o Nível III, que é a Acreditação com Excelência, em que a qualidade e segurança estão perpetuadas dentro do processo de gestão.
Martha Costa
Hospital Regional do Baixo Amazonas (Santarém
Da Redação
Agência Pará de Notícias
Atualizado em 04/12/2014 20:05:00

Comentários

.

.