.

.
.

Alcoa apresenta materiais de alumínio para próxima geração com tecnologia de fabricação revolucionária



A Alcoa, líder mundial em metais leves, revelou uma tecnologia de fabricação revolucionária, a Alcoa Micromill™, que possibilitará a produção de chapas de alumínio mais avançadas do mercado. O Micromill faz parte da próxima geração de produtos automotivos de alumínio e prepara a Alcoa para captar a demanda crescente do setor. 

Patenteado pela Alcoa, o processo Micromill altera drasticamente a microestrutura do metal, permitindo a produção de uma liga de alumínio para aplicações automotivas que é 40 por cento mais maleável e 30 por cento mais resistente do que o alumínio convencional, ao mesmo tempo em que preenche requisitos rigorosos de qualidade de superfície automotiva.

Assim, as peças automotivas feitas com material Micromill serão duas vezes mais moldáveis e pelo menos 30 por cento mais leves do que as peças feitas de aço de alta resistência. A liga produzida pelo Micromill tem características de maleabilidade comparáveis as dos aços doces.

“O Alcoa Micromill representa um grande avanço nos materiais de alumínio”, afirmou o presidente do Chariman e CEO da Alcoa, Klaus Kleinfeld. “Essa tecnologia abrirá caminho para a próxima geração de produtos automotivos com combinações de resistência, maleabilidade e qualidade de superfície que não eram possíveis anteriormente. Ela permitirá que nossos clientes redefinam as fronteiras dos projetos automotivos com a criação de veículos mais leves, energeticamente eficientes, seguros e elegantes para o futuro.”

Sendo 40 por cento mais maleável, a chapa de alumínio Micromill é mais fácil de moldar em formas complexas, como os painéis internos das portas dos automóveis e os para-lamas, que geralmente são feitas de aço. O aumento de 30 por cento na resistência do material fará com que seja mais difícil conformá-lo, o que permitirá a produção de chapas automotivas mais finas e ainda mais leves do que as gerações anteriores. As montadoras também se beneficiarão de uma redução do custo do sistema, já que diminuirão o número de ligas de alumínio usadas em seu processo de fabricação.

Este também será o sistema de fundição e laminação de alumínio mais rápido e produtivo do mundo. Um laminador tradicional leva cerca de 20 dias para transformar metal fundido em bobina, enquanto o Micromill faz isso em 20 minutos.

O Micromill também ocupa um espaço substancialmente menor do que um laminador tradicional, já que tem um quarto do tamanho, e reduz o uso de energia em 50 por cento. A tecnologia Alcoa Micromill e o metal diferenciado que ela produzirá estão protegidos por mais de 130 patentes no mundo todo.

Segundo a Ducker Worldwide, a previsão é de que o conteúdo de chapas de alumínio automotivas nos veículos norte-americanos aumentará onze vezes entre 2012 e 2025, a medida que os consumidores procurarem por carros mais leves e com menor consumo de combustível. A tecnologia Micromill de fundição contínua foi concebida para suprir essa crescente demanda de chapas automotivas, com flexibilidade para atender também aos mercados industrial e de embalagens. O mix de produtos pode ser alterado com facilidade, e pode-se fazer a transição para ligas diferentes sem nunca parar a fundição.

A Alcoa garantiu um cliente de desenvolvimento estratégico e, a partir de sua unidade piloto do Micromill em San Antonio, no Texas, também realizou testes bem sucedidos com o cliente. Esses testes confirmaram as características exclusivas do material Micromill, sua qualidade de superfície para painéis externos e seu desempenho geral. A Alcoa está preparando o material para uso em plataformas automotivas de próxima geração.

Sobre a Alcoa no Brasil

A Alcoa opera no Brasil em toda a cadeia de produção do alumínio, da mineração de bauxita até produtos transformados e de alto valor agregado. A Alcoa emprega cerca de 5,7 mil pessoas e possui seis unidades produtivas, centro de distribuição e escritórios nos estados do Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. A companhia também é acionista da Mineração Rio do Norte (MRN) e de quatro usinas hidrelétricas: Machadinho, Barra Grande, Serra do Facão e Estreito. Em 2014, foi escolhida pela oitava vez como uma das empresas-modelo pelo Guia Exame de Sustentabilidade. Também foi reconhecida pela 13ª vez como uma das Melhores Empresas para Trabalhar, de acordo com o Great Place to Work Institute; e segunda colocada no ranking geral do Guia Você S/A – As Melhores Empresas Para Começar a Carreira. Para mais informações, visite o www.alcoa.com.br e siga @Alcoa no Twitter em twitter.com/AlcoaBrasil e no Facebook em facebook.com/AlcoaBrasil.


CDI Comunicação Corporativa

Isabella Silva (11) 3817-7919 | isabella.silva@cdicom.br

Simone Magalhães (11) 3817-7989 | simone@cdicom.com.br

Comentários

.

.