.

.
.

Prova do Corpo de Bombeiros registra 795 faltas em Santarém

Candidatos chegando ao Campus da Ufopa. Foto; Alailson Muniz
Em Santarém, no oeste paraense, 3.452 candidatos enfrentaram os mais de 32 graus de calor e fizeram a prova do concurso do Corpo de Bombeiros para ingresso nas carreiras de Praça e Oficial da corporação. A abstenção foi de 22%, o que corresponde à 795 candidatos que não compareceram aos locais de provas, que foram realizadas para candidatos a Praças, pela manhã, em cinco pontos da cidade. Pela tarde, 668 candidatos realizaram a prova para Oficial no Campus Tapajós da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). Todo certame foi tomado pela tranquilidade em Santarém sem ocorrências graves.

“Tudo tranquilo sem ocorrências graves. O processo está dentro do previsto. Os candidatos só têm que se preocupar com o seu desempenho”, informa Joana Cunha Ribeiro, representante da Consulplan, empresa que realiza o concurso.

Pela manhã, o local com maior concentração de candidatos foi o Instituto Esperança de Ensino Superior (Iespes) com 1.057 candidatos presentes. Lá, a abstenção foi de 223 inscritos. Os outros quatro locais de provas foram os campus da Ufopa. No Campus Tapajós, dos 800 inscritos 661 estiveram presentes. No Campus Amazônia, anexo I, foram 639 candidatos realizando a prova. Faltaram 161. Neste local teve uma ocorrência na área de saúde. “Uma candidata teve um sangramento pelo nariz, mas foi atendida pela enfermeira de plantão e realizou a prova normalmente sem prejuízos de seu desempenho”, explicou Hailton Santos Oliveira, coordenador da prova no local.

No axeno II, no mesmo Campus Amazônia, 361 candidatos realizaram a prova dos 455 inscritos e que fariam prova no local. No Campus Rondon da Ufopa, dos 202 candidatos previstos para realizarem a prova 151 compareceram, segundo informou o coordenador Edilmar de Santana Quaresma.


O jovem Dirley Sousa Jardim, de 24 anos, era um desses candidatos. Ele é soldado do Exército no município de Itaituba. “Procuro a estabilidade que a carreira oferece e também seguir como militar. No Exército já não temos mais essa estabilidade. A prova estava razoável e espero que meu esforço tenha resultado positivo”, disse Dirley Jardim.

Pela manhã, a prova iniciou às 8 horas e encerrou às 12 horas. Para a carreira de Oficial, a prova foi realizada à tarde apenas no Campus Tapajós da Ufopa. Foram 710 candidatos inscritos, mas apenas 583 compareceram. A prova iniciou às 13h30min e será finalizada às 18h30min.

O tenente coronel Luiz Claudio, comandante do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Santarém, avaliou como positivo o processo de realização das provas e disse que o concurso vai engrandecer o trabalho da corporação.

“Com efetivo maior quem ganha é a população, pois nossos trabalhos poderão ser ampliados e os serviços já realizados ganham mais qualidade e rapidez. Acompanhamos o certame e tudo ocorreu dentro da normalidade, o que é muito bom”, disse o comandante.

Uma equipe da Secretaria de Estado de Administração (Sead) esteve em Santarém para acompanhar a realização das provas pela empresa Consulplan.

Alailson Muniz
Secretaria de Estado de Comunicação
Da Redação
Agência Pará de Notícias
Atualizado em 24/01/2016 17:05:00


Comentários

.

.