.

.
.

.

.

.

.

São Francisco domina Remo no toque de bola e vence na estreia

Remo pouco atacou. São Francisco aproveitou.
Foto: Blog do Alailson
Um jogo de 45 minutos. Assim pode ser resumido o confronto entre São Francisco e Clube do Remo, pelo Parazão 2016, no Colosso do Tapajós, nesta noite de quarta-feira (3), em Santarém. Após um primeiro tempo monótono e sem grandes lances, o clube do oeste paraense fez o único gol da partida na segunda etapa com o atacante Buiú e ficou com os três pontos com o placar mínimo de 1 a 0.

Quase seis mil torcedores foram ao estádio assistir o duelo entre os dois leões. O jogo iniciou às 20h40min numa noite fria na Pérola do Tapajós. Frio também foi o primeiro tempo entre as duas equipes, que não criaram grandes lances, mesmo o Remo se movimentando bastante, mas sem criar chances de gol. O atacante Ciro foi totalmente apagado enquanto que Eduardo Ramos era constantemente desarmado pelo zagueiro Perema. O São Francisco ainda teve uma chance clara de gol aos 22 minutos com o atacante Ricardinho, mas o goleiro remista salvou e mandou a bola para a linha de fundo.

Após o intervalo, os dois times voltaram com alterações. No Remo, Léo Paraíba entrou no lugar de João Victor para deixar o Remo mais ofensivo. Já Walter Lima tirou, aos 14 minutos, o atacante Ricardinho e colocou outro atacante, Elielton, que possui características semelhantes. A bola é bastante disputada no meio de campo, mas os lances de ataque dentro da grande área não acontecem. Os goleiros têm pouco trabalho, principalmente Paulo Rafael do São Francisco.

A defesa do Leão santareno continua firme e o meio de campo do Remo começa a apostar nas bolas lançadas dentro da grande área. Aos 20 minutos, Elielton mostra seu cartão de visitas e faz um gol após Fernando Henrique defender um chute de Juninho. Mas o juiz marca impedimento corretamente.

Em seguida, aos 23 minutos, Samuel rouba uma bola e avança. Guilherme recebe dentro da grande área e chuta em direção ao gol do Remo. Fernando Henrique faz a defesa, mas Buiú aproveita a sobra e manda para o fundo do gol, abrindo o placar no Colosso do Tapajós: 1x0. A torcida santarena foi ao delírio e comemorou bastante. 5.455 torcedores foram assistir a partida.

O restante do jogo foi de movimentações sem perigo por parte do Remo. O São Francisco ainda teve uma chance de gol com Elielton, mas o placar permanece o mesmo. O ataque remista permaneceu apagado sob a forte marcação da defesa franciscana. O arbitro Gustavo Ramos Melo encerrou o jogo aos 50 minutos. 

“Trabalhamos durante a semana sabendo que não podíamos dar espaço a eles (Remo), principalmente para o Eduardo Ramos e o Marcos Goiano. Nosso jogo deu certo e agora é pensar no Parauapebas", disse Perema, zagueiro e capitão do São Francisco.

O São Francisco volta a campo no próximo dia 14 contra o Paraupebas fora de casa. Já o Remo, folga na rodada e só entra em campo no próximo dia 17 também contra o Paraupebas.

Para o técnico Walter Lima o placar foi justo. “O São Francisco mereceu o placar. Foi justo, pois podíamos ter feito mais gols. Jogamos melhor. Agora é trabalhar para o próximo jogo”, decretou Lima.

Ficha Técnica:

São Francisco - Paulo Rafael; Andrey, Carlinho Rocha, Perema e Andrelino; Allan Peterson, Juninho e Samuel Santos; Ricardinho (Elielton), Guilherme e Buiú (Ted).

Técnico: Walter Lima

Remo - Fernando Henrique; Levy (Welthon), Henrique, Max e João Victor (Léo Paraíba); Michel, Yuri, Chicão, Eduardo Ramos e Marco Goiano; Ciro.

Técnico: Leston Junior

Público: 5.455 (4.755 pagantes e 700 credenciados)

Renda: R$ 97.310,00

Alailson Muniz
Secretaria de Estado de Comunicação

Comentários