.

.
.

Celpa intensifica ações de melhorias no fornecimento de energia em Aveiro

Aveiro: manutenção.
Quando o inverno se aproxima, há todo um cuidado para manter o fornecimento de energia com qualidade e segurança. Equipes da Celpa trabalham intensamente para realizar manutenção e melhorias na rede elétrica.

Nesse período, quando a chuva chega, os trabalhos  podem ter maiores desafios, uma vez que os técnicos precisam de "tempo bom" para executar os serviços na rede elétrica com segurança. O difícil acesso a alguns lugares mais isolados também dificulta os serviços. Ainda assim, a Celpa tem chegado nos lugares mais longínquos. E tem aproximado, cada vez mais, as pessoas com energia,  gerando desenvolvimento e inclusão social. Nesta semana, as equipes de Serviços de Rede, estão intensificando melhorias no município de Aveiro, sudoeste do Pará (Microregião de Itaituba). Um município com uma cultura e história local muito forte, como a conhecida e importante "Fordlândia". É preciso navegar 5 horas de barco para chegar até Aveiro.

Os  técnicos realizaram um mutirão de melhorias no centro de Aveiro, atendendo 317 moradores, entre famílias e empreendedores que trabalham no comércio local. De acordo com o Líder dos Serviços de Rede, Guilherme Ramos, foi um trabalho intenso, com a finalidade de aumentar a qualidade e segurança no fornecimento de energia para a população. " Foram 12 vãos de rede recondutorados, novos cabos multiplexados, 02 transformadores, além de outros novos equipamentos", disse Guilherme.


Para o Executivo da Área de Serviços de Rede na região Oeste, Danilo Valente, ainda se tem desafios, mesmo com toda essa logística para se chegar em alguns lugares mais distantes". Conforme o executivo, as ações serão reforçadas com o objetivo de melhorar cada vez mais o atendimento aos clientes. "Estamos trabalhando fortemente para atender a população nessa região. Os técnicos  continuarão com a programação de melhorias em outras localidades". Concluiu Danilo.

Ascom Celpa
Leíria Rodrigues e Nubia Pereira

Comentários

.

.