.

.
.

Campanha conscientiza sobre destinação correta do lixo

Em continuidade à programação da Semana Municipal do Meio Ambiente, a Prefeitura de Santarém, por meio das secretaria de Meio Ambiente (Semma), de Agricultura e Pesca (Semap), de Infraestrutura (Seminfra) e Centro Municipal de Informações e Educação Ambiental (Ciam), realizou no final da tarde desta segunda-feira (29), junto aos pescadores da Feira do Porto dos Milagres, o lançamento da campanha “Lixo certo na hora certa”. A campanha consiste na distribuição de lixeiras e orientações sobre a destinação correta do lixo em vários pontos da cidade.


A secretária de Meio Ambiente Vânia Portela ressaltou que a campanha vem com o intuito de educar para a adequação correta do lixo e os cuidados com o meio ambiente para manter as pessoas fora do risco de doenças ou situações que degradem o meio ambiente. “A ação na Feira do Porto dos Milagres contou com a revitalização do espaço, doação de lixeiras recicláveis, o plantio de mudas de árvores ao longo da orla e a distribuição de plantas medicinais e ornamentais”, informou.

O administrador da Feira Raimundo Miranda afirmou que o ambiente ganhou um aspecto novo. “Estou vendo que a iniciativa só vai beneficiar ainda mais tanto pescadores, quanto os compradores de Santarém e de fora. Recebemos ultimamente pessoas do Rio Grande do Sul que ficaram maravilhados com nossa cultura e nossa Feira.”

O prefeito Nélio Aguiar, inicialmente, destacou a programação da Semana do Meio Ambiente que ocorre desde o sábado (27), e deu prosseguimento com visita aos trabalhadores do Porto dos Milagres e intervenções ambientais junto aos pescadores. Nélio destacou ainda a importância de ter um ambiente limpo e saudável para o atendimento a quem vai àquele espaço de comercialização do pescado local e a relevante colaboração que toda a população precisa ter para manter o espaço sempre em boas condições de uso.

“Queremos fazer um governo sério. Com responsabilidade, aplicando corretamente o dinheiro público para que as ações sejam voltadas realmente à população que é o nosso principal objetivo. Enfrentamos dificuldades por conta da crise política, da crise financeira por qual passa o pais e estamos acompanhando”.

“Também estamos enfrentando dificuldades pela dívida política que herdamos de gestões anteriores, cortes de verbas, mas estamos pagando essas dívidas. Fizemos o parcelamento. Além disso, enfrentamos um forte inverno, mas graças a Deus está passando e nosso time está pronto para entrar em campo e recuperar as ruas da nossa cidade que o inverno destruiu desde dezembro. Vamos estar com quatro equipes de serviços. Algumas ruas já serão asfaltadas.”

“Nós temos R$ 30 milhões que vão ser aplicados pela Bertolini que vai investir num porto aqui em Santarém. Temos mais R$ 30 milhões que serão investidos pela Shell que vai investir também num terminal de petróleo na CDP [Companhia Docas do Pará]. Tem mais R$ 75 milhões para concluirmos o Projeto Orla, conseguido junto ao Ministério da Integração Nacional e temos ainda mais R$ 36 milhões para concluirmos um terminal fluvial, situado no antigo Porto da Tecejuta e outro localizado em Santana.”

De acordo com Nélio, ao todo serão investidos nesse primeiro momento mais de R$ 200 milhões de reais que devem gerar novas oportunidades de emprego e renda para retomar o crescimento da economia no município.

“Estamos correndo atrás de recursos. Estive nos últimos 15 dias em Brasília-DF, quando conseguimos mais R$ 2 Milhões para um projeto que vamos levar para a pista de lazer do bairro Nova República. Projetos que atendam interesses e as necessidades principalmente da população que mora nos bairros mais afastados”

Por fim, o prefeito e demais autoridades presentes plantaram árvores ao longo da orla do bairro Uruará.


Júlio César Guimarães – assessor de comunicação Semma

Comentários

.

.