.

.
.

Legislativo aprova projeto que regula nova gestão do HMS e da UPA

Câmara Municipal apoiou proposta do Executivo.
Foto: Blog do Alailson
A Câmara Municipal de Santarém aprovou por unanimidade na manhã desta quarta-feira (28) o Projeto de Lei do poder executivo que dispõe sobre a contratação da Organização Social (OS) que vai administrar o Hospital e Pronto Socorro Municipal e a Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA).

É a primeira medida imediata já apresentada por um prefeito municipal para tentar resolver algumas problemáticas dessas unidades de saúde.

Hoje, as unidades de saúde de Santarém recebem uma enorme carga de pacientes sem a devida regulação e oriunda de outros municípios vizinhos. Com o novo modelo de gestão, o poder executivo pretende também agilizar o processo burocrático e moroso de compra dos medicamentos e outros itens utilizados diariamente no HMS e na UPA 24H.

O vereador Tadeu Cunha (DEM), presidente da Comissão de Saúde, defendeu o novo modelo. “Está havendo uma terceirização da gestão. Está sendo ofertado um novo modelo de gestão à população. Hoje é uma tendência, uma coisa positiva. Tirar da cabeça das pessoas que está sendo privatizado, até porque existe um início e fim do contrato”, explicou.


Os vereadores acompanharam o prefeito Nélio Aguiar em uma visita realizada ao Hospital de Goiânia, que adotou o modelo de gestão há cinco anos. Constataram que há três anos aquela unidade de saúde não tem pacientes espalhados pelos corredores do hospital.

Os próximos passos são a sanção do prefeito Nélio Aguiar e o início do processo licitatório de escolha da OS que irá realizar a gestão do HMS, do PSM e da UPA 24H.

Comentários

.

.