.

.
.

.

.

.

.

Anulado julgamento do caso Dorothy Stang


Em julgamento ocorrido na manhã desta terça-feira (7), na 1ª Câmara Criminal Isolada, foi aceito o pedido de recurso do Ministério Público - promotor Edson Souza - que solicitou a anulação do julgamento de dois acusados de participação na morte da missionária americana Dorothy Stang, Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, apontado como mandante do crime, ocorrido em fevereiro de 2005 e Rayfran das Neves, apontado como executor da religiosa. A Justiça também determinou a prisão preventiva de Bida. A defesa anunciou que vai recorrer.
Portal ORM

Comentários