.

.
.

Promotor pede a cabeça da Prefeita de Altamira

Em Altamira, o Ministério Público do Estado ajuizou duas ações civis públicas contra o município, por meio do promotor de justiça Bruno Beckembauer Sanches Damasceno. A primeira tem como objeto o combate ao nepotismo no Poder Executivo. A segunda pede, liminarmente, o afastamento da prefeita e do vice-prefeito de Altamira por ato de improbidade administrativa, bem como o bloqueio de fundos municipais e quebra de sigilo bancário e fiscal dos gestores Odileida Sampaio e Silvério Albano Fernandes. Em dois anos de administração foram gastos, segundo o MP, mais de R$ 60 mil dos cofres públicos em passagens para parentes.

O pedido de afastamento da prefeita e do vice-prefeito de Altamira foi motivado por análise de documentos da prefeitura, durante vistoria em sua sede, realizada pelo MP, devidamente autorizado por ordem judicial, com objetivo de verificar a legalidade de procedimentos licitatórios realizados entre os anos de 2005 a 2008. Ao analisar pasta de documentos com passagens adquiridas pela prefeitura, o Promotor de Justiça, juntamente com um técnico da Controladoria Geral da União, observaram que existia enorme quantidade de passagens adquiridas para pessoas com o mesmo sobrenome da prefeita e do vice-prefeito, respectivamente “Sampaio” e “Fernandes”.

Leia Mais Aqui

Comentários

.

.