.

.
.

.

.

.

.

Rinite engana passageiros da Gol

Um caso suspeito de gripe suína provocou, na tarde de ontem, o atraso de mais de uma hora do vôo 1643 da Gol Linhas áreas que seguia de Manaus para Belém e fez escala em Santarém.
Durante a viagem, a passageira Lara Vasconcelos, santarena, de 43 anos, apresentou sintomas do vírus Influenza A (H1N1).

Os passageiros do vôo ficaram com medo e informaram o caso tripulação do vôo que avisou a Infraero. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamada para levar a passageira ao Hospital Municipal de Santarém.

Passageiros e funcionários da companhia aérea tiveram de colocar máscaras e esperar pela chegada da unidade de socorro médico. O enfermeiro Anderson Cavalcante chefiou a operação de remoção de Lara, que também é enfermeira e mora há dez anos em Manaus. No Hospital Municipal, a passageira foi isolada e examinada por uma equipe médica.

Para sua felicidade, os exames não encontraram a presença do vírus Influenza A em seu organismo. Lara foi liberada após a chegada de seus familiares.

Dra. Mariana Quiroga, que examinou Lara, explicou que seguiu o protocolo determinado pelo Ministério da Saúde. Ela disse que em qualquer situação semelhante o suspeito deve ser isolado e passar por exames para constatar - ou não - a presença do vírus.

Maurícia Vasconcelos, irmã de Lara, informou que a enfermeira sofre de rinite e que, talvez, por isso, tenha provocado a desconfiança dos passageiros do vôo.

Também disse que Lara nunca saiu do país e nem fez recentemente viagens ao Sul ou Sudeste do país.

Até o momento, foi o primeiro caso de suspeita ocorrido no município.
Alailson Muniz/OLIBERAL/CBN.

Comentários