.

.
.

.

.

.

.

Chico da Ciframa continua sem mandato

Francisco Araújo (DEM), o Chico da Ciframa, conseguiu dois feitos fantásticos que ficarão marcados na história da política santarena.

Ele conseguiu se eleger em sua primeira candidatura e sem ter tradição na política santarena. Deixou para trás, nomes de prestígio entre o eleitor e até tidos como já eleitos.

Todavia, o democrata teve e inocência de deixar aparecer em sua prestação de contas a doação de uma empresa detentora de concessão pública, fato proíbido pela legislação eleitoral do país. O impacto foi fulminante. O democrata teve seu mandato cassado e o sonho de ser vereador durou pouco. Valdir Mathias Jr. (PV) assumiu sua vaga.

Chico da Ciframa recorreu ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará e hoje teve a frustração de nem sequer ter seu recurso julgado, pois foi considerado “intempestivo” pela Corte. Isso quer dizer que ele dormiu novamente no ponto porque perdeu o prazo legal para a apresentação do recurso.

Comentários