.

.
.

Sem greve

No O Estado do Tapajós:

O jogo combinado entre a diretoria dos rodoviários e do sindicato das empresas de transportes coletivos para forçar o aumento da passagem de ônibus em Santarém ainda não deu certo.

A ameaça de greve não se concretizou.

Foi fechado um acordo entre empregados e patrões para aumento de 8,5% sobre os salários dos rodoviários.

Agora, a questão é saber se a Secretaria de Transportes e Trânsito vai reajustar a tarifa para R$ 1,85, como querem os empresários.

Comentários

.

.