.

.
.

.

.

.

.

Nem: traficante letrado


O chefe do tráfico na favela da Rocinha, Nem, preso pela polícia do Rio de Janeiro, mostra que até no submundo do crime tem de haver leitura e qualificação intelectual para seguir carreira.

A afirmação é tão verdadeira que o livro de cabeceira achado pelos policiais na mansão do traficante é nada mais nada menos do que “A arte da guerra”, do filosofo chinês Sun Tzu, um dos maiores cérebros que o mundo já teve.

Comentários