.

.
.

.

.

.

.

Rombo de Juvenil é de R$ 82 milhões

Em O Liberal:


O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), Domingos Juvenil (PMDB), tem que devolver R$ 82 milhões aos cofres públicos estaduais, conforme aponta o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que constatou uma série de irregularidades nas contas da gestão do peemedebista no exercício de 2010. O valor corresponde a 25% do total de R$ 327 milhões movimentados naquele ano pela Alepa.

A auditoria aprofundou a investigação sobre o contrato da Alta Turismo, ligada a Juvenil, e descobriu o contrato ilegal, de R$ 480 mil, da Capacita Consultoria S/S Ltda, feita a pedido da deputada Simone Morgado (PMDB). Soma-se a isso gastos indevidos, irregularidades em obras e serviços, entre outros, que trouxeram mais munição ao Ministério Público do Estado.

 O relatório de 182 páginas foi concluído em agosto do ano passado e ainda não foi votado pelo Tribunal de Contas. O documento chegou ao MPE em dezembro e desde então está sendo analisado pelo promotor de Justiça de Direitos Constitucionais, Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, Nelson Medrado. Após dois anos de investigações do órgão sobre a série de irregularidades ocorridas na Alepa, novos elementos continuam a surgir. Segundo ele, o relatório do TCE confirma algumas ilegalidades já constatadas, mas também revela outras novas.
 
Leia Mais Aqui

Comentários